Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Camilo Martins

Nasci com os livros. Mãe escritora, pai professor e avó contadora de histórias. Família que contribui para minha formação de leitor e de aprendiz de artista da imagem. Cresci dividindo o espaço da casa com livros e estantes, e até nas papinhas que eu comia encontrava pedaços de histórias. Quantas vezes tive de salvar Branca de Neve de morrer soterrada em meio a cenouras e beterrabas, além de afundar a bruxa má nos caldos quentes servidos em noites de inverno. Por conta disso é que resolvi desenhar os cenários para acomodar essa gente. Não tenho o olhar escrevente da minha mãe, mas fui me forçando a ilustrar palavras, músicas, contos, até que iniciei a graduação na Escola de Belas-Artes da UFRJ.

Sou graduado em Gravura pela EBA/UFRJ e fui o jovem ilustrador brasileiro escolhido para participar do workshop oferecido pela Bienal Internacional de Ilustração da Bratislava.