Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Mirian Cavalcanti

Carioca, vivendo na serra do Caparaó capixaba desde 1993. Aos 65 anos, com o romance Confraria Van Gogh, incorporou de vez à sua vida isso de escrever, essa aventura de ouvir personagens que não dão a mínima atenção ao que tenta determinar para eles. Crê na arte como ponte entre os povos, apesar da lavagem cerebral da globalização. É organizadora do projeto Ao Pedro II, Tudo ou Nada? memórias estudantis coletivas, atualmente com cinco volumes publicados.

1º lugar: Obras Literárias Romance, Autores não estreantes, Secult / ES 2017. com Femina, Feminae.

2º lugar: Obras Literárias Infanto-Juvenis / Prêmio UFES de Literatura 2013.

A Galinha que Não Era Pintadinha.

Livros publicados